Crayon Pop

O grupo Crayon Pop sempre foi um grupo diferente (e desconhecido), sempre apostavam na contra-mão que a industria fazia, se o forte era o sexy elas iam para um conceito mais engraçado/bizarro e sempre foi assim.

Inclusive elas foram barradas no começo de alguns programas por passarem uma imagem diferente que a industria queria passar para o mercado exterior. Também foram barradas por divulgarem o seu CD durante uma coreografia e por não pagaram a taxa para se apresentar (sim meus amigos, a industria coreana funciona assim).

Mas tudo mudou quando “Bar Bar Bar” se tornou viral e a industria coreana teve que engolir as meninas do Crayon Pop (PSY também não era bem quisto digamos assim antes de Gangnam Style). Inclusive teve boatos de que elas deveriam ter ganho mais programas, mas empresas maiores forjaram os resultados para seus grupos gigantescos não perderam para elas, será que é verdade?

SinoReceba meus novos posts direto no seu desktop ativando as notificações no sininho ali do lado direito (e pode ficar de boa, não farei spam xD).

O hype se não alimentado … acaba

Porém ao contrário do PSY, EXID, Gfriend que souberam como usar um viral a seu favor, a Chrome (empresa do Crayon Pop), se deslumbrou com o sucesso.

Apesar de alguns acertos, como fechar contrato com a Sony, abrir shows da Lady Gaga em Las Vegas, cometeu o maior erro que um artista pode comentar, se importar mais com o mercado exterior do que com o seu próprio mercado (inclusive lançou um Bar Bar Bar 2.0 no seu canal da VEVO, ai te pergunto … pra que?).

Lançaram MV de natal, participações, músicas em doramas … mas não era isso que o público queria, todo mundo queria algo além de Bar Bar Bar. E foi ai que lançaram “Uh-ee” que apesar de ser uma música legal, deveria ter saído um pouco antes, pois o hype já estava passando.

Outro erro, demoraram demais para apostar nas gêmeas (ChoA e Way) e ainda colocaram um nome bem WTF (Strawberry Milk), deveriam ter apostado no simples “Twins” ou algo parecido, sem falar que a música em si também deixou a desejar.

Em 2015 saiu “FM” o que pra mim é de longe a melhor música delas e umas das melhores de 2015, porém já era tarde demais, o todo o hype já tinha passado. Era isso que deveria ter saído depois de Bar Bar Bar.

Depois participaram de uma música de um grupo flop mexicano, lançaram um álbum, mas era tarde demais, o grupo tava tão em baixa que uma integrante se casou “do dia pra noite”.

Infelizmente é o fim de uns grupos mais diferentes do kpop (embora na prática apenas o contrato com a Chrome acabou, mas vocês acham mesmo que eles vão simplesmente dar os direitos pras meninas? Agora é acada um por si), que tinha sim muita inspiração no jpop, mas que sabia bem dar identidade pra suas músicas, agora nos resta torcer para que algo surja no kpop, ou então seremos brindados com pop americano cantado em coreano, uma pena.

Mas nada está perdido … ainda

ChoA e Way já estão negociando com outras empresas e devem apostar no conceito “twins”, tomara que acertem desta vez.

Gum mi e Ellin ainda estão estudando o que vão fazer, talvez investir na carreira de atriz.

E a Soyul que já tinha saído para se casar não deve voltar a industria tão cedo.