No atual momento do mundo, você deve ter percebido que cada vez mais a China vem tomando conta de tudo.

E a tática deles é a mesma que o Facebook fez com seus usuários, nos dão o doce e depois mudam as regras para lucrar em cima de nós. E na China ainda tem um agravante, o partido comunista que toma conta do país.

Porém essa censura não sufoca apenas o povo chinês, está sobrando pra todo mundo principalmente para os americanos. E o marco zero de tudo isso é no cinema.

A China permite atualmente que apenas 34 filmes não chineses sejam lançados no país (isso inclui também seus países vizinhos Coreia do Sul e Japão). E além disso esses 34 filmes na maioria das vezes sofrem uma edição do órgão estatal que controla Rádio, Cinema, Televisão e Internet.

E o que isso significa?

Isso significa que os filmes estrangeiros (principalmente os americanos) podem ter seus roteiros alterados de acordo com o desejo do partido comunista, afinal os americanos não querem perder esse dinheiro. Por exemplo em 007 Skyfall uma cena onde um assassino mata um segurança chinês teve que ser excluída pois isso faria com que as pessoas enxergassem os chineses como fracos.

Em Homem de Ferro 3 existem muitas cenas que só existem na versão chinesa do filme.

Já em Missão Impossível 3 que foi boa parte gravada em Shanghai, uma cena onde um varal cheio de roupas intimas aparecia, foi deletada. Pois isso passaria a imagem de um país sub desenvolvido.

Entendi e onde isso me afeta?

Acontece que muitos filmes mudam a sua história antes mesmo de serem avaliados, como é o caso do filme Amanhecer Violento, no filme original soldados chineses invadem uma cidade americana, no remake trocaram por soldados norte coreanos.

Ou seja, se quiser que seu filme receba os milhões chineses, vai ter que jogar com a regra deles, o que sinceramente? Não é errado não. No fundo sempre fomos doutrinados pelos americanos, agora a doutrinação vai vir de outro lugar.

Um grande exemplo disso é Transformers: A Era da Extinção, onde o filme claramente faz uma propaganda positiva para o partido que controla o país (que não tenho tanta certeza se são realmente ruins rs).

E as coisas não param por ai

A empresa chinesa Dalian Wanda que tem uma forte relação com o partido comunista, comprou em 2012 a AMC Entertainment (segunda maior rede de cinemas dos EUA), vale lembrar que ela já é dona da maior rede de cinema do mundo que fica na China. E logo em seguida comprou a Legendary (produtora de filmes como Warcraft, Circulo de Fogo, Trilogia Batman do Nolan, entre outros).

O próximo passo é comprar a Carmike Cinemas, e assim se tornando a maior rede de cinemas dos EUA presente em mais de 600 cidades. E também estudam comprar outros estúdios.

Não sei você sabe, mas a industria americana está sofrendo uma enorme crise financeira (tirando a Disney e seus conglomerados), então jovens tudo está a venda e advinha só quem tem dinheiro pra comprar?

E acredite meus amigos, não fizeram isso apenas pra lucrar vendendo pipoca com manteiga.

Então o que eles querem?

É simples, com você fazendo parte de todas as esferas do entretenimento americano, desde a produção à distribuição, é você que faz as regras, incluindo a oportunidade de censurar os filmes antes e depois.

Parece que a mina de ouro que os americanos encontraram foi um glorioso cavalo de troia.

PS: E isso também significa que cada vez mais, filmes asiáticos vão vir para o Ocidente, o que acho maravilhoso.